Resenha: Cavaleiro Negro, do Davi Paiva

Resenha: Cavaleiro Negro, do Davi Paiva

01/09/2018 2 Por admin

Depois de uns meses sem postar, estamos aí de volta e com a resenha do livro Cavaleiro Negro, do autor Davi Paiva, publicado pela Editora Darda. Se você gosta de sagas de fantasia com ambientação medieval, como O Senhor dos Anéis e As Crônicas de Gelo e Fogo, e outras da cultura geek como Star Wars, você vai curtir esse livro. Tem outras referências que eu não devo ter captado, mas que você pode me contar depois ;P

Cavaleiro Negro é como é apelidado o nosso protagonista, Fidler Koogan. Quando criança, seus pais são assassinados diante de seus olhos, e ele é levado a um orfanato em Ryddle, um canto esquecido e pobre do reino de Alfner, no mundo de Raysh, que é onde se passa essa história.

Mapa do Mundo de Raysh

Mapa do Mundo de Raysh

No início, Fidler parece uma criança muito boba e inocente, o que achei bastante coerente por causa da idade, cerca de 8 anos. Mas… as situações de desigualdade, corrupção, pobreza e injustiça que ele presencia diversas vezes e que fazem parte de seu cotidiano vão ser fundamentais para formar sua personalidade.

Um dia acontece uma tragédia e Fidler vai embora de Ryddle como aprendiz de um cavaleiro, jurando voltar para se vingar de quem fez mal às pessoas que lhe eram caras. O senhor Galloway, seu novo tutor, vai ensiná-lo a arte da esgrima. Existem dois estilos de luta: o Krigium, dos honrados, e o Menium, considerado pura força e trapaça.

A degradação moral do personagem com o passar do tempo é notável: tudo começa com mentiras, depois com roubo, chegando a mortes. A história dá saltos temporais, que eu achei bem colocados, principalmente nas mudanças de arco (são 7 ao todo). Fidler vai ficando mais cínico, interessado em lutas e magias questionáveis,  torna-se manipulador e também um excelente estrategista militar. Mas ele também é um personagem ambíguo. Em alguns momento o leitor pode ter pena e até acreditar que suas ações são justificadas. Gosto da construção dele, um herói com falhas de caráter. Eu o vejo como vilão.

davi paiva - cavaleiro negro

Esse é o Davi Paiva 🙂

Gostei muito de Cavaleiro Negro. É uma história simples e sem enrolação no desenvolvimento do enredo, o que faz a gente ler com rapidez. Acho que eu li mais ou menos um arco por dia. Muitas passagens me surpreenderam… quando eu achava que ia acontecer uma coisa, Fidler fazia algo totalmente inesperado.

A história tem muito da famosa fórmula da Jornada do Herói, e o Davi estuda esse tema. Ele mesmo diz: “Muitos escritores consideram a ‘fórmula’ da Jornada do Herói manjada e previsível. Embora eu a adore, reconheço que todos têm direito de aprender outras formas de contar as suas tramas”. Recomendo a leitura deste artigo aqui, principalmente se você é um aspirante a escritor. E essa que é a graça desse livro: por saber montar uma Jornada do Herói, ele ao mesmo tempo foge dos clichês que normalmente vemos nesse tipo de saga.

Título: Cavaleiro Negro
Autor: Davi Paiva
Ano: 2016
Páginas: 357
Editora: Darda

Nota: 8

 

Gostou? Comapartilhe 🙂
Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Pin on Pinterest
Pinterest
0Email this to someone
email